Convida_selo.png
dançadasantigas-FONTS-2022.png

O som move moléculas de ar e transforma
palavra em corpo. Escutar é uma vibração.

CELULAR
f710b8d0ce427b10c367eab35a7e3472.jpg
WhatsApp Image 2022-01-03 at 11.19.37 (1).jpeg

Laura
Viver

cover_257704184_165412759078050_5180781673534881487_n.jpg
WhatsApp Image 2022-01-03 at 11.19.37 (1).jpeg

Soraya 
Comunidade

insta lay naranormande.jpg
WhatsApp Image 2022-01-03 at 11.19.37 (1).jpeg

Leda 
Tempo

Confie em seus dedos. Este é um caderno vivo. Inacabado. Você pode começar por onde quiser, fique a vontade para se espalhar, se achar, tocar.  Deslize nos tecidos de sons, tenha visões, lembre, imagine e esqueça…Esta é uma “pesquisavida” que se dedica às temporalidades sinceras e à feitura de corpo ao lado de corpo, numa relação de ressonância inesgotável entre naturezas variantes. São porções de memórias para sentir. Cada CAPÍTULO DO ÍNDICE  pode abrir ecos de imaginações, vestígios do que foi experimentado e recordado. Outros estão acontecendo agora. Por isso, cada vez que você retornar ao caderno novas coleções e listas estarão disponíveis.

MODOS-DE-USAR.png
dançadasantigas-FONTS-2022222.png
il_794xN.2193795745_ki1x.jpg
Eye Closed
dançadasantigas-FONTS-202244.png

Navegação aleatória

dançadasantigas-FONTS-2022675757.png

DANÇA DAS ANTIGAS - é uma pesquisa continuada concebida e coordenada pela artista e pesquisadora com velhices Soraya Portela em torno de "práticas de mover" com senhoras dançarinas acima de 60 anos, em Teresina, Piauí. A construção deste caderno digital em 2022 tem narrativas digitais e design gráfico de Layane Holanda e colaboração de artistas convidados.  Desde 2011 o projeto vem investigando, concebendo arranjos e transcriando o universo particular 60+ em diferentes dispositivos narrativos - aulas, escrita, foto, filme - convertendo a intimidade, imaginário e a vivência desses corpos em experimentos perfomativos que discutem o viver e o envelhecer. Ampliar conceitos e noções vigentes em torno da terceira idade por meio de práticas artísticas relacionadas à memória, identidade, sexualidade e corporeidade é um desejo. Paisagens íntimas de mulheres nordestinas que escolhem mover o corpo e dançar "como uma prática de vida" própria do envelhecer e poética acionadora de questões cruciais relativas ao corpo.

dançadasantigas-FONTS-2022dadad.png

SORAYA PORTELA
concepção, pesquisa-criação
e direção artística
LAYANE HOLANDA
co-pesquisadora, narrativas digitais
e design gráfico
CAROLINA MENDONÇA
colaboração e dramaturgia
MIKA  |  CIPÓ ALVARENGA 
vídeo-colagens | documentalidades
LEO MESQUITA 
paisagens sonoras
HUMILDE ALVES
administrativo @canteiroteresina

dançadasantigas-FONTS-2022dadadq5.png

Sesc DN, Sesc PI, Hildergada Sampaio, Mariana Pimentel, Sônia Sobral, Rita Aquino, Senhoras Dançarinas alunas da Escola Estadual de Dança Lenir Argento (PI), Anita Gallardo, Belisa Martins Araújo, Libânia Alves, Cleonice Melo e as tias: Tia Carmelia, Tia Célia, Tia Dalva, Tia Rosa, Tia Célia,Tia Francisca, Tia Rita. Em memória Vovó Blandina.

@canteiroteresina |  Imersão Sesc Convida 2021/2022